Desenvolvimento do Sistema de Nível 2 do laminador de bobinas 1 (LB1)

Posted on Posted in Integração de Software, Manutenção de Software, Suporte de Sistemas

VISÃO GERAL

 

Empresa – APERAM
Área de Negócios – Desenvolvimento do Sistema de Nível 2 do laminador de bobinas 1 (LB1)
Web Site – http://brasil.aperam.com/

 

O Projeto

Este projeto está limitado a migração do atual sistema do Laminados de Bobinas 1 (LB1), para a nova estrutura contemplada pelo framework, definido pela APERAM juntamente com a ETAURE. Desta forma, o novo sistema pretende, no mínimo, contemplar as atuais funcionalidades existentes, e se desvincular do controle dos processos a partir do surgimento da camada de nível 1 e nível 2, ainda que neste sistema, especificamente, o nível 1 e 2 sejam executados no mesmo sistema. 

 

Desafio

  • Eliminação de falhas no sistema;
  • Padronização da estrutura de hardware e software de automação nível 2 através da utilização do framework proposto;
  • Tornar a manutenção menos exaustiva;
  • Identificação de melhorias no sistema;
  • Homologação do

 

Tecnologia

  • Sistema operacional Microsoft Windows 2000 Server – língua inglesa (United States);
  • Banco de dados Oracle;
  • Delphi 2007 para desenvolvimento do software cliente;
  • Java para desenvolvimento do software servidor;

Obs: Para a implementação do software servidor deverá ser usado o framework desenvolvido em Java pela APERAM em parceria com a ETAURE.

 

Resultado

Do ponto de vista da operação, devido a mudança da interface e a inclusão de novos recursos que modernizaram as estruturas de armazenamento de dados e trocas de mensagens. Assim, as informações ficaram disponibilizadas para o operador de forma mais objetiva, que permitiu tomar decisões mais rápidas e seguras, a fim de melhorar sua produtividade.

Com isso, houve um maior controle da produção, que resultou na redução dos seus insumos e no aumento da lucratividade.

O projeto foi entregue dentro do escopo contratado e a ETAURE criou e implementou soluções inovadoras.Com isso, conseguimos reduzir interrupções de produção devido a falhas de sistema, tivemos melhorias na usabilidade do sistema, e validação do nosso novo framework de Nível 2.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *